Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 9, 2013

Tempo de Agradecer: a quem honra, honra n’é Celso Lungaretti?

Imagem
Boa noite Celso! “Nas nossas vidas diárias, devemos ver que não é a felicidade que nos faz agradecidos, mas a gratidão é que nos faz felizes” Albert Clarke
Espero que você esteja bem de saúde. Eu, não sei se eu o informei que desde 2009 fui afastado das salas de aula por problema de saúde, fruto de intenso assédio moral que sofri da parte de uma colega em posição de poder dentro de uma escola que trabalhei. Ela era a diretora da escola! Tornara-me um ser depressivo e um dependente químico. Para conseguir dormir tomo Rivotril e para controlar a ansiedade monstruosa, o nervosismo horrendo que vez por outra insiste em reaparecer quando me encontro em situação de stress no local de trabalho tomo Amitril. Desde então meu “status” dentro da Escola Pública “caiu”. Pois, estou readaptado. Isto é, tornara-me uma espécie de “pau para toda obra”: flanelinha, manobristas de carros de colegas no estacionamento da escola; garçom, entregador de cafezinho, bibliotecário, garoto de recado e, na maioria …

ESTÃO LEVANDO O RAFAEL BRAGA VIEIRA. QUEM SE IMPORTA?

Imagem
Por Celso Lungaretti

A estimada companheira Auriluz Pires Cerqueira chamou a atenção para uma notícia que me passara despercebida na última semana: a inacreditável condenação do morador de rua Rafael Braga Vieira a 70 meses de prisão em regime fechado, apenas e tão somente por haver sido encontrado com produtos de limpeza que poderiam, eventualmente, ser utilizados no preparo de coquetéis molotov (para mais detalhes, leiam este bom artigo da blogueira Ana Aranha). 
Ou seja, que ninguém ouse circular por perto dos logradouros onde a Polícia Militar massacra e barbariza manifestantes portando latas de Pinho Sol e de água sanitária, caso contrário poderá ser condenado como terrorista, mesmo inexistindo a mais remota evidência de que pretendesse utilizá-los para incinerar os fardados (e a vassoura que ele também carregava, que papel teria no atentado?). 
Pior ainda se já houver sido preso duas vezes como ladrão. Isto será tido como agravante por parte de togados que confundem alhos com bug…